Curso de Surf na USP

Rico de Souza, pioneiro do surf profissional no Brasil

por Ibrasurf em 16.04.2011 | Surf na USP |

Rico de Souza, pioneiro do surf profissional no Brasil

O surfista empresário falou sobre eventos e a importância da captação de patrocínios para o esporte

Ricardo Fontes de Souza, o Rico. Pioneiro do surf no Brasil, atleta multicampeão, idealizador da primeira escola de surf nacional, shaper e empresário de sucesso, grande representante do fomento e desenvolvimento do esporte no país nas últimas décadas. Lenda viva do surf mundial.

Rico de Souza marcou presença nessa terça-feira no curso “Surf: Administração, Marketing e Gestão de Negócios” realizado pelo Ibrasurf na USP.

Ídolo de várias gerações, Rico destacou que viver fazendo o que se ama é um grande privilégio, e logo no início de sua apresentação destacou: “O que move o mundo e as pessoas é a procura pela realização dos sonhos. Seja qual for o seu desejo, vale a pena correr atrás, se você não fizer, ninguém o fará por você”.

O empresário tem uma profunda e íntima relação com a história e o desenvolvimento do surf no Brasil. Passou a viajar para o exterior ainda na década de 1970, quando os primeiros campeonatos internacionais começavam a surgir. Naquela época, o que movia os surfistas era somente a paixão pelas ondas.

“Em 1975 eu fui disputar um campeonato pela primeira vez na África do Sul. A premiação ao vencedor era de US$500. Os melhores do mundo estavam lá junto comigo apenas por amor ao esporte”, diz Rico. “De lá pra cá houve muita evolução. O esporte se desenvolveu e profissionalizou e as marcas passaram a ver o surf como uma excelente oportunidade de investimento – patrocínio – e retorno. Muitos começaram a aliar seu nome a algo novo, diferenciado, que acabava de ganhar mais notoriedade”, explica.

Rico de Souza é um importante interlocutor entre o surf e empresas. Uma grande ação idealizada e realizada por ele foi com a Petrobras. “O Petrobras Longboard Classic está completando 10 anos. Na época, a empresa abriu um edital público e eu nem me encaixava no perfil desejado. Eles exigiam que o projeto fosse feito por Associações, Federações ou Confederações.Mesmo assim, liguei, conversei e apresentei meu projeto. Minha ideia convenceu e até hoje nós temos essa parceria.”

Em uma apresentação impecável sobre eventos e patrocínios, Rico de Souza destacou  a importância do crescimento e maturidade do surf na conquista de novos patrocinadores, que utilizam o esporte como forma de comunicação com seu público.

Ao longo de sua apresentação, ele destacou a importância da criação de diferenciais para a conquista de mídia espontânea e uma consequente maior visibilidade ao patrocinador do evento. “Tem que criar diferenciais para você conseguir essa exposição. Ou senão você contrata um Kelly Slater, por exemplo, e gasta milhões. Então, você tem que ser criativo, inteligente”, conclui.

Rico falou ainda sobre sua relação de parceria com a Globo, adquirida há muitos anos, quando ele ainda enviava vídeos gravados no Havaí. “A Globo me ensinou a trabalhar corretamente, falar somente o que é possível poder cumprir, ser transparente e objetivo”, revela o profissional, que afirma, “a grande malandragem é ser correto, ser profissional”.

Rico de Souza também explicou o funcionamento e a dinâmica de seu site, o Ricosurf, uma referência em credibilidade no segmento. Mais uma vez, ele ressaltou a importância dos patrocinadores no desenvolvimento de ações no surf, no longboard e nos esportes como um todo.

Exposição Surf Art: o convidado da noite foi Rafael Veiga, artista autodidata que tem como inspiração a arte urbana somada a referências em tattoos maori da cultura oriental e polinésia. Ele utiliza canetas posca e tinta acrílica para fazer customizações de pranchas, que foram apreciadas por todos os presentes, incluindo o ídolo Rico de Souza.

O convidado da próxima semana é o especialista em Marketing Esportivo, Erich Beting, da Máquina do Esporte.

O Curso “Surf: Administração, Marketing e Gestão de Negócios”, uma realização do Ibrasurf em parceria com EEFE-USP, Junior Star Point, CBS, FPS, 2ocean e Water Classic

Quando: de 03/05 a 05/07 às terças-feiras, das 19h às 21h30 e transmissão ao vivo pela internet

Onde: Escola de Educação Física e Esporte da USP

Quanto: R$500 – Aulas Avulsas – R$70 (cada)

As inscrições podem ser feitas através do site do IBRASURF (www.ibrasurf.com.br) e as vagas são limitadas.

Mais informações pelo telefone (11)5052-5011 ou email: ibrasurf@ibrasurf.com.br

Michele Barcena

IMG_9743
IMG_9764
IMG_9629
IMG_9715
IMG_9749
IMG_9700
IMG_9739
IMG_9734
IMG_9721
IMG_9703
IMG_9637
IMG_9676
IMG_9775
IMG_9607
banner home surf4 4 dia

Rico de Souza. Foto: Márcio Alonso.

Rafael Veiga. Foto: Márcio Alonso.

Rico de Souza. Foto: Márcio Alonso.

4º dia Curso Surf na USP. Foto: Márcio Alonso.

Rico de Souza. Foto: Márcio Alonso.

Rafael Veiga. Foto: Márcio Alonso.

Rico de Souza. Foto: Márcio Alonso.

Rico de Souza autografando prancha de Rafael Veiga. Foto: Márcio Alonso.

Rico de Souza e Rafael Veiga. Foto: Márcio Alonso.

Rafael Veiga. Foto: Márcio Alonso.

4º dia Curso Surf na USP. Foto: Márcio Alonso.

Rafael Veiga e suas obras. Foto: Márcio Alonso.

Rico de Souza e Alexandre Zeni. Foto: Márcio Alonso.

4º dia Curso Surf na USP. Foto: Márcio Alonso.

Notícias Relacionadas

2 comentrios para:
“Rico de Souza, pioneiro do surf profissional no Brasil”

  1. Tiago Facco disse...

    Esse curso tá show de bola, é muita informação sobre surf e o Rico é uma influência muito forte para o esporte e as pessoas que querem se envolver mais com o surf. Abraços

  2. Monica Gurney disse...

    Ola Rico tudo bem?
    Sou de Nteroi,Itaipu,curto muito surf e agora o stand up.Pertenco ao itaipu sup club no qual tem um verdadeiro atleta que gostaria imensamente que vc tivesse o carinho de apreciar o trabalho dele.Um cara que desafia o mar.Paulo Oberlander ele tem que ser visto, e pensei muito que vc como um legenda do surf e eu admiro de montao, gostaria imensamente que vc podesse nos ajudar com esse atleta. FACE BOOK PAULO OBERLANDER somos amigos de Ricardo Tatui. Um grande abraco Monica Gurney

Deixe o seu recado